O que é a osteopatia e qual o seu impacto na sua vida?

Tem dores crónicas? Sofre de algum problema físico? Já alguma vez lhe propuseram fazer uma consulta de osteopatia?

O estilo de vida moderno nem sempre está associado a uma rotina saudável. É comum vermos pessoas cada vez mais jovens que sofrem com dores e desconfortos em diversas partes do corpo.

O pior é que muitas procuram solucionar essas dores através de fármacos e medicamentos que basicamente mascaram o real problema. Esse continua a evoluir e pode tornar-se algo grave.

Em contrapartida aos métodos mais tradicionais da medicina está a osteopatia. Uma terapia alternativa que procura trazer alívio para quem sofre de dores crónicas.

Já conhece ou sabe como funciona este tratamento? Continue a ler e descubra o que é e quais os diversos benefícios desta terapia.

Osteopatia – uma evolução da terapia alternativa

Pode-se definir a osteopatia como uma técnica terapêutica manual. Ou seja, um tratamento realizado através das mãos e que visa equilibrar o funcionamento do corpo.

Os profissionais que tratam pacientes através deste método consideram o corpo como um todo, em que todos os sistemas, visceral, craniano e estrutural funcionam em uníssono para o bom funcionamento do organismo.

Como é feito o tratamento através da osteopatia?

Esta tipologia de tratamento abrange de forma completa o processo de diagnóstico e cura de certas doenças.

Primeiramente o profissional procura, através de uma consulta com o paciente, conhecer os sintomas e problemas que o afligem. A partir de então, após alguns testes, dá-se início ao tratamento que é individualizado, de acordo com cada pessoa.

Todo o tratamento é feito levando em consideração o princípio de que o corpo é capaz de se reajustar e alcançar novamente o equilíbrio. Ou seja, é preciso identificar a causa do problema, tratá-lo e então deixar o corpo se restabelecer.

Para que doenças este tratamento é indicado?

Partindo da premissa de que a osteopatia é um método terapêutico que procura trabalhar o corpo como um todo, este tratamento pode ser indicado para os mais diversos tipos de doenças, entre as musculares, viscerais e das articulações.

Entre as doenças musculares, alguns exemplos são a mialgia, debilidade muscular, dores musculares e contraturas.

No caso de problemas nas articulações, o tratamento pode trazer alívio para quem sofre de artrite, artrose, hérnias de disco, tendinites ou escolioses.

Por fim, doenças de origem visceral como gastrites, úlceras, asma e bronquite também são passíveis de serem tratadas através da osteopatia.

Quais os benefícios da osteopatia na vida dos pacientes?

Por ser um método de terapia alternativa e não invasiva, a osteopatia é uma forma mais natural de trazer alívio e equilíbrio ao corpo. E, sem a necessidade de se recorrer ao uso de medicamentos fortes ou até cirurgias.

O objetivo do tratamento é trazer de volta qualidade de vida aos pacientes que sofrem com dores crónicas e outros problemas de saúde que afetam o dia a dia. E, isso é feito através de uma abordagem individualizada e que é considerada caso a caso.

Mas é importante frisar que o tratamento, que pode ser tanto preventivo quanto curativo, não funciona caso não seja aliado a um estilo de vida mais saudável.

Isso quer dizer que, além da terapia, os pacientes precisam se conscientizar da importância da prática de atividades físicas (como aulas online de pilates ou ioga) e alimentação saudável. Assim, será possível atingir um maior equilíbrio do funcionamento corporal.

A osteopatia é também um meio de conhecer a fundo o funcionamento do nosso corpo como um todo. E, assim cuidar para que estejamos sempre em equilíbrio e harmonia com essa máquina fantástica que é o corpo humano.