Cuidados a ter no treino pós parto

Retomar as atividades físicas após a gestação é essencial para melhorar a saúde. Porém é preciso ter alguns cuidados com o treino pós parto.

A gestação é um período que traz enormes mudanças para a vida de uma mulher, e certamente uma das mais radicais é em relação ao corpo. Durante 9 meses todo o organismo adapta-se para receber aquela vida que está a ser gerada.

Porém essas mudanças continuam a acontecer inclusivamente no puerpério, período que se inicia no final da gravidez e que se pode estender entre 6 a 8 semanas.

Portanto, cuidar do corpo nessa fase é também fundamental. Daí falarmos da importância do treino pós parto que auxilia no processo de reabilitação e normalização da estrutura física.

Conheça agora alguns cuidados e recomendações para as mulheres que pretendem iniciar o seu treino e estão a adaptar-se a todas as mudanças corporais após a chegada do bebé.

Treino pós parto: Como voltar à atividade física

Primeiramente é muito importante ter em mente o período de recuperação indicado pelo médico antes de iniciar o treino. Esse tempo vai variar de acordo com o tipo de parto, ou seja, natural ou cesariana.

Mulheres que passaram pelo parto natural têm uma recuperação mais rápida, em média de 15 dias, para estarem aptas à prática de atividades físicas.

Já a cesariana exige um pouco mais de tempo, em média um mês, para a recuperação. E, neste caso os exercícios devem ser mais cuidadosos. A par disso  poderá haver algumas restrições principalmente em relação à musculatura abdominal.

1 – Que tipos de exercícios devem ser evitados?

Mesmo tendo a autorização do médico para retomar a prática de exercício físico, existem algumas atividades que não são recomendadas em treinos pós parto. Isso porque podem exigir muito do corpo que ainda está em fase de recuperação.

Basicamente deve-se evitar exercícios com alto impacto ou risco, como por exemplo, atividades com bola, escaladas e acrobacias.

A intensidade dos treinos também deve ser moderada. Pois uma carga intensa pode afetar de forma negativa a quantidade de leite materno produzido, e também a sua qualidade já que o organismo sofre alterações.

2 – Que tipos de exercícios são mais indicados?

Por outro lado, alguns tipos de exercícios são ideais como treino após a gestação, e entre eles encontram-se ioga e aulas de pilates, alongamento, caminhadas, atividades na água e até musculação leve.

Atividades que promovem o fortalecimento da estrutura corporal e tonificação dos músculos são perfeitos para ajudar o corpo a se reajustar novamente, e voltar a ser como era antes do período gestacional.

Benefícios dos treinos no pós parto

É sabido que a prática de atividades físicas só traz benefícios para quem quer que as pratique. Portanto não poderia ser diferentes com as mães que acabaram de passar pela gestação.

Gerar um bebé leva o corpo ao seu extremo, as mudanças ocorridas são radicais e, muitas vezes, acarretam alguns problemas como o aumento de peso, dores na coluna e desconforto geral.

Fazer exercício vai ajudar em muitos destes aspectos, e trará diversos benefícios como:

  • Perda de peso
  • Melhoria na postura
  • Melhoria da resistência física e aeróbica
  • Fortalecimento da musculatura
  • Auxilia na qualidade do sono
  • Auxilia em aspectos psicológicos e emocionais

É importante, além da autorização de um médico para retomar as atividades, o auxílio de um profissional para criar o treino ideal. Isso deve ser feito de forma a respeitar o tempo e o condicionamento de cada mulher.

Portanto, quando praticados corretamente, os exercícios físicos são a forma ideal para recuperar a condição física que foi perdida durante a gravidez.

Procure sempre o conselho de profissionais e um programa de treinos específicos para o período pós parto.